EDIÇÃO Nº 171 - ANO XV | JULHO / 2014


Pauta - A geração de ideias e a criatividade

01/02/2013


Muito se fala que para sobreviver aos dias de hoje é preciso ser criativo. Ser criativo é pré-requisito no amor, no trabalho, na criação dos filhos, na escola, na relação interpessoal, na vida e muitas vezes, é a chave para conseguir sobreviver num mundo caótico e de poucas oportunidades. Mas afinal, o que é criatividade? O que é um sujeito criativo? De onde surgem as ideias? É mais criativo quem lê mais? Quem estuda mais, tem mais informações culturais e vivenciais? Como exigir de alguém que ele seja criativo? Há técnica para isso? Por onde começar?

Como chega o insight? Num estalar de dedos? Ao longo de séculos e milênios sempre existiram criativos. A maçã caiu na cabeça de Newton e ele criou a teoria da gravidade; já Arquimedes saiu nu pelas ruas de Siracusa gritando Eureka com o Princípio que leva seu nome. Leonadro Da Vinci é considerado um gênio, uma sumidade criativa. Criatividade é apenas um dom exclusivo dos gênios?

Estudiosos dizem que a produção criativa não pode ser atribuída exclusivamente a um conjunto de habilidades e traços da personalidade do criador. Deve-se levar em conta o contexto social, histórico e cultural que influencia a capacidade inventiva e, é mais fácil desenvolver a criatividade das pessoas mudando as condições do ambiente, do que tentando fazê-las pensar de modo criativo.

A criatividade não é um fenômeno, não está dentro dos indivíduos, mas é resultado da interação entre os pensamentos do sujeito e o contexto sociocultural. É a fusão de conhecimentos adquiridos ao longo de períodos que se transformam em ideias, em inventos.

A inovação criativa é algo muito exigido no meio corporativo, principalmente entre os líderes. Sendo assim, ter criatividade não é exclusividade dos artistas, inventores, cientistas e do pessoal da CRIAÇÃO NAS AGÊNCIAS.

Criatividade deve existir na assessoria de imprensa, no atendimento, na mídia, no relações públicas, no profissional de design, no redator, no diretor de arte....e em todas as profissões.

A CRIATIVIDADE PODE SURGIR A PARTIR, INCLUSIVE, DE IDEIAS OU EMPREENDIMENTOS MALSUCEDIDOS. Esse é o seu caso?

A REVISTA PRONEWS quer ouvir o mercado de comunicação e quer debater sobre ao assunto, ouvir cases, ideias. Queresmos debater sobre o que falamos acima e saber o que fazem as pessoas para estimular a criatividade. Há cursos e livros que realmente funcionam?

O que é uma campanha criativa e como ela foi gerada? Ela depende de um bom briefing e brainstorm bem feito? Que atividades promovem a criatividade em vocês? Em que momento ou local surgem mais ideias? A gente quer “viajar na maionese” com vocês, mas também quer racionalizar o assunto com especialistas e com quem entende do tema também.  Podem participar ainda publicitários em geral, marqueteiros, comunicadores, jornalistas, e áreas afins, empresários, consultores, etc. 

As respostas e participações devem ser sinalizadas até dia 06/02/2013 com cópia para os emails redacao@revistapronews.com.br e lucianatorreao@hotmail.com

Grande abraço
Luciana Torreao - subeditora Revista Pronews
(81) 8774.7470 - 3426.6144

Revista ProNews - Comunicação e Marketing
Av. Governador Agamenon Magalhães, 3341, Sl. 205/206
Empresarial Tacaruna     Bairro: Torreão
CEP: 50.070-160            Recife - PE

E-mail: redacao@revistapronews.com.br
Site: www.revistapronews.com.br






Vídeos mais vídeos
Newsletter


Todos os direitos reservados | Revista Pronews