EDIÇÃO Nº 171 - ANO XV | JULHO / 2014


Fernando de Noronha receberá espetáculo de Surf Noturno

01/03/2013


Depois do sucesso do Circuito Club Social de Surf Noturno nas praias de Maracaípe/PE e praia do Futuro/CE, que aconteceu em janeiro deste ano, chegou a vez da ilha mais cobiçada do país, Fernando de Noronha, vivenciar o espetáculo das pranchas de LED, no próximo dia 02 de março.

O evento interage com o campeonato Gold Island Brasileiro de Long Board, Primeira Etapa do Circuito Brasileiro de Long board, que acontece durante este final de semana na ilha paradisíaca e reserva a noite do sábado para os surfistas participarem de uma experiência inconfundível e inédita no local. 

O espetáculo acontecerá às 20h e conta com a participação de oito surfistas profissionais, que farão manobras aéreas com as pranchas especiais. Entre eles, os campeões Phil Rajmans, Teco Padaratz, Caia Sousa, Patrick Tamberg, Alexandre Ferraz e Bruno Santos. Serão duas baterias com quatro atletas, que se apresentarão durante 15 minutos cada um.

A Club Social, marca de biscoitos da gigante Mondeléz International, tem investido em ações inconfundíveis neste verão para seu posicionamento no mercado da região Nordeste. “Conseguimos uma autorização especial com as entidades de Fernando de Noronha para trazer o espetáculo também para a ilha, respeitando todas as normas do Projeto Tamar”, explicou Juliano Rodrigues, gerente de marketing da Club Social.

Para o espetáculo, será montado um ambiente que receberá iluminação de refletores e as pranchas diferenciadas da Club Social, que foram produzidas na cidade de Guizpúzcoa, na Espanha, pela Pukas. Já seu shape é obra do surfista brasileiro Gabriel Medina, que preparou um design especial para esta nova modalidade do surf. A prancha é toda revestida de LED para garantir um efeito visual diferenciado durante as apresentações noturnas. Para Teco Padaratz, “a sensação é como surfar uma onda colorida, algo surreal, quando o formato côncavo das ondas refletem as luzes da prancha”.

De acordo com Geraldo Cavalcanti, Presidente da Associação Brasileira de Long Board e da Associação do Nordeste de Surf, o Surf Noturno chegou para ampliar a indústria do surf. Apresenta-se agora como um espetáculo visual, mas a tendência é se tornar uma nova modalidade de surf e consequentemente criar um circuito exclusivo com surfistas profissionais só para esta categoria. 

A inovação destas pranchas também pode evoluir um campeonato de surf. Segundo o Teco Padaratz, “A ondulação só dura de dois a três dias limitando o tempo de um campeonato, agora existe a possibilidade de ampliar e estender o evento noite à dentro”, completou.





Vídeos mais vídeos
Newsletter


Todos os direitos reservados | Revista Pronews