EDIÇÃO Nº 171 - ANO XV | JULHO / 2014


CAMPANHA CONSCIENTIZA SOBRE VIOLÊNCIA CONTRA MULHERES

24/11/2014

Uma mulher "apedrejada" com pétalas de flores por um grupo de homens: esta é a imagem simbólica, forte e desconcertante, dada nova campanha United Colors of Benetton, criada para apoiar a UN Women (órgão das Nações Unidas para promover a igualdade de gênero e a emancipação feminina) por ocasião do Dia Internacional da ONU contra a violência exercida sobre as mulheres, que terá lugar no próximo dia 25 de novembro. 

Ao escolher inverter o cliché "nem mesmo com uma flor", a United Colors of Benetton e a UN Women dizem basta, com determinação e alguma poesia, a todas as formas de discriminação e abuso, e lembram ao mundo através de uma campanha mundial - fotografias e vídeos online publicados pela imprensa escrita internacional e nos meios de comunicação social - que as mulheres já não têm de pagar com o desconforto, o sofrimento ou a vida, a escolha de serem elas mesmas e não o que os seus parceiros masculinos, a religião ou a sociedade gostariam que fossem.

O objetivo da campanha da United Colors of Benetton, concebida e criada pela Fábrica, pretende ainda sensibilizar o mundo para a necessidade de intervir no sistema de apoio às mulheres e investir em programas de prevenção, formando rapazes e raparigas com vista à construção de uma nova cultura baseada no reconhecimento, no respeito pela diferença e na verdadeira igualdade de oportunidades.

A campanha surge na sequência das campanhas publicitárias que a United Colors of Benetton vem adotando ao longo da sua história, optando por uma forma de comunicação nova e não convencional para representar simbolicamente a desconstrução de estereótipos e de preconceitos, dizer não à cultura da violência e aos valores que lhe estão subjacentes, e afirmar veementemente que os homens e as mulheres devem ter direitos e oportunidades iguais, qualquer que seja a sociedade em que estão inseridos e em todos os aspetos da vida. Além disso, esta campanha coloca o acento tônico na urgência de homens e mulheres, em uníssono,  repensarem, agirem e tomarem partido. Tal como afirma o escritor Prêmio Nobel da Paz Elie Wiesel: "a neutralidade favorece o opressor, nunca a vítima. O silêncio encoraja o torturador, nunca o torturado. "

Phumzile Mlambo-Ngcuka, Diretor Executivo da ONU Mulheres, disse: "Sabemos que a pandemia de violência que afeta uma em cada três mulheres e garotas pode ser interrompida. Mas não podemos fazer isso sozinhos. Precisamos de parceiros que nos ajudem a aumentar a consciencialização e a promover uma cultura de tolerância zero para com esta persistente violação dos direitos humanos. A Benetton é um desses parceiros. A campanha da Benneton lançada no Dia Internacional pelo Fim da Violência contra as Mulheres apoia os nossos esforços globais. Agradecemos este empenhamento na nossa causa. "

Erik Ravelo, responsável do Social Engagement Campaigns da Fabrica, o Centro de Investigação em Comunicação do Grupo Benetton, e criador da campanha afirma: "A Fabrica conferiu sempre uma atenção especial à comunicação socialmente responsável e está feliz por ter colocado a sua criatividade ao serviço da sensibilização da opinião pública sobre o tema da violência contra as mulheres. Uma flor no lugar de uma pedra para dizer "não " a uma violação dos direitos humanos com implicações físicas e psicológicas indeléveis, e que encontra a sua expressão em todas as classes sociais ".

A Fabrica também concebeu uma instalação, Facing, constituída por uma série de painéis de metal que representam o "lado positivo" de rostos de mulheres agredidas e desfiguradas: ao contrário do que realmente aconteceu, o ácido retalhou-lhes os contornos mas deixou intacta a sua beleza. Estes painéis irão a leilão em 2015 e as receitas arrecadadas serão doadas à UN Women.

Ácido e pedras, uma metáfora de todas as formas de violência perpetradas contra as mulheres, com mãos, facas ou armas. A campanha tem o duplo sentido de celebração e alerta, e coloca-nos perante uma questão sem resposta: por que razão as mulheres são mais frequentemente vítimas de violência do que de respeito.

O dia 25 de novembro assinala o início oficial dos Orange Days (que terminam 10 de dezembro de 2014), uma iniciativa da UN Women, que se estende ao longo de 16 dias, para recordar a luta pelos direitos das mulheres, na qual participará a sociedade civil através de eventos em todo o mundo.

A partir deste dia, a Fundação UNHATE, coração do empenhamento social do Grupo Benetton, abrirá a sua própria plataforma digital, www.unhatenews.com(resultado de uma colaboração com UNDPI - United Nations Department of Public Information), às contribuições de jovens de todo o mundo entre os 18 e 30 anos, que poderão, assim, dar conhecimento do que gostariam que se tornasse realidade sobre temas de atualidade para a sociedade contemporânea e prioritários relativamente à agenda das Nações Unidas (a chamada “MDGs and post-2015 Development Agenda”), entre os quais: desenvolvimento e meio ambiente, luta contra o terrorismo e construção da democracia e direitos humanos, com especial ênfase nos direitos das mulheres. Entre as 100 participações mais clicadas, dez serão escolhidas pela Fundação UNHATE de acordo com a missão da Fundação e transformadas, em colaboração com o UNDPI, em projetos sustentáveis, ​​a serem concretizados 2015.

 A colaboração do Grupo Benetton e da Fundação UNHATE com a UN Women já obteve resultados concretos em 2014, graças ao projeto Safe Cities Free of Violance against Women implementado na cidade de Kigali, Ruanda, que se insere num programa mundial da ONU que visa combater a violência contra jovens mulheres (em cinco cidades do mundo) através de uma abordagem artística e criativa. Esta colaboração prosseguirá em 2015.

 A nova campanha social da United Colors of Benetton representa ainda a última etapa de uma colaboração de quase vinte anos com a ONU e os diversos organismos, que teve início com a imagem simbólica de uma colher de madeira sobre um fundo branco concebida para a primeira Cúpula Mundial da Alimentação da FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura), realizada em Roma no mês de novembro de 1996. Trata-se de uma colaboração que representa um valioso reconhecimento do valor e da qualidade das campanhas da United Colors of Benetton, que há já mais de 10 anos se debruçava sobre questões sociais de relevância mundial e se abria à participação ativa em projetos sociais e universais, trabalhando com diversas entidades internacionais.

Com a criação da Fundação UNHATE em 2011, que se ocupa das gerações mais jovens e procura contribuir, sobretudo, para difundir uma nova cultura contra o ódio, as campanhas da United Colors of Benetton começaram a chamar à participação milhões de utilizadores em todo o mundo, através de plataformas e de aplicações digitais, estendendo o debate sobre os temas lançados nas suas campanhas.  

#BENETTON #UNWOMEN #ORANGEURHOOD #ENDVIOLENCEAGAINSTWOMEN


Vídeos mais vídeos
Newsletter


Todos os direitos reservados | Revista Pronews