In Loco lança plataforma de anúncios mobile com proposta de levar o consumidor de volta às lojas físicas

Tecnologia • 28 de Novembro de 2018

E se fosse possível veicular campanhas publicitárias mobile para otimizar o fluxo de pessoas dentro da loja física? É isso que o In Loco Ads, nova plataforma de anúncios para celular em que o próprio anunciante cria e administra as campanhas, se propõe a fazer. A solução está em versão beta e utiliza a tecnologia de geolocalização para impactar o público-alvo no momento mais propício para influenciar a concretização da visita ao ponto de venda. Toda a operação é realizada a partir de uma plataforma self-service, trazendo mais autonomia para as marcas.
O modelo de cobrança de publicidade mobile oferecido pelo In Loco Ads é o Custo Por Visita (CPV), ou seja, o anunciante só paga pelos consumidores que visualizaram a propaganda, foram até a loja física e passaram mais de cinco minutos no local. No Brasil, esse modelo de comercialização é oferecido pela In Loco com exclusividade. “O In Loco Ads é um grande passo para o mercado de publicidade brasileiro. Pela primeira vez, as marcas poderão usar uma plataforma de compra de mídia geolocalizada self-service para veicular campanhas comercializadas através do Custo Por Visita”, explica André Ferraz, CEO e cofundador da In Loco. “Esse é um modelo de comercialização único em que as métricas são precisas e oferece uma medida de conversão muito segura para o cliente”, completa.
As campanhas veiculadas na plataforma self-service contam com uma audiência de 60 milhões de celulares no Brasil e mais de 16 terabytes de dados de visitas coletados diariamente. Assim, é possível analisar o comportamento do consumidor em tempo real e entregar mídia geolocalizada para o público mais propenso a visitar algum dos estabelecimentos do anunciante. “Utilizar os dados de localização indoor como base para segmentar a campanha traz insights que podem ajudar nas tomadas de decisão do negócio, indo além da publicidade. O In Loco Ads traz a assertividade do mundo digital e combina com resultados no mundo físico”, explica Thiago Diniz, Gerente de Produto.
Privacy by design
Para coletar os dados de localização, a empresa atua junto com aplicativos parceiros que coletam as informações desde que autorizadas pelos usuários dos apps. Cada aplicativo parceiro integra a tecnologia da In Loco que, combinada com sensores do celular como o acelerômetro (que entende o número de passos que a pessoa deu, o tamanho de cada passo e a direção), o giroscópio (sensor que entende para onde o celular está apontando nas três direções), e o magnetômetro (um subconjunto da bússola) mapeiam lugares comerciais e públicos onde os smartphones foram localizados.
A tecnologia, porém, jamais permite chegar à identidade pessoal do dono do device ou coletar dados pessoais como nome, CPF, RG ou e-mail. Os dados coletados são completamente anônimos e agrupados em clusters de padrões de comportamento. Estes dados são usados, então, para impactar grupos de consumidores com mensagens publicitárias mais relevantes para seu contexto.
“Nós temos um compromisso inegociável com a privacidade do consumidor. Desenvolvemos nosso modelo de negócio em cima de dados anônimos, protegendo a identidade de todos os usuários que compõem a nossa base”, finaliza Ferraz.

Deixe seu comentário