Campanha da TV Bahia agradece liderança em 2018

Campanha regional • 22 de Outubro de 2018

Uma campanha bem-humorada e com a cara dos baianos comemora a liderança consolidada pela TV Bahia em 2018. A emissora manteve a liderança em todos os dias do ano, considerando a média de audiência medida na faixa das 06h às 24h.
A TV Bahia é líder em mais de 67% de todos os minutos de Janeiro a Setembro, resultado que consolida o relacionamento de credibilidade, confiança e responsabilidade construídos ao longo dos anos com os telespectadores baianos.
“Agradecemos aos baianos a confiança no trabalho que realizamos. Temos um compromisso verdadeiro com o desenvolvimento da Bahia e com a melhoria da qualidade de vida do nosso povo. É uma alegria valorizarmos nossa cultura, nossa identidade e cobrarmos soluções para os problemas estando presentes na rotina dos baianos”, afirma João Gomes, diretor executivo de televisão da Rede Bahia.
A Rede Bahia de Televisão reúne ainda 5 emissoras afiliadas no interior do Estado que também têm desempenhos excelentes esse ano. As audiências das afiliadas no interior são maiores do que a soma de todas as concorrentes, chegando, em alguns casos, como na TV Sudoeste (Vitória da Conquista) e na TV Subaé (Feira de Santana), a ter audiência média igual ao triplo da soma de todas as concorrentes.
Entre os destaques que levaram as emissoras a esses resultados estão o sucesso da novela “Segundo Sol”, ambientada em Salvador, a transmissão dos jogos de futebol principalmente dos clubes baianos, que mantém liderança absoluta, além dos programas locais, que ganharam nova dinâmica, novos apresentadores e uma identidade visual mais moderna.
A história da família Falcão vem tendo desempenho arrasador e, desde a estreia, em maio deste ano, a produção já atingiu 92% dos telespectadores baianos.
Novidades – Além disso, 2018 foi marcado pela estreia de um novo programa local, o Bom Dia Sábado.
“Além do Bom Dia Sábado, o ano foi marcado por cobertura especiais como a greve dos caminhoneiros quando mobilizamos nossas equipes da capital e das 5 emissoras do interior em rede estadual, a cobertura das eleições e séries especiais de reportagens como a feita sobre a seca no sertão baiano”, lembra João Gomes.

Deixe seu comentário